quarta-feira, 11 de novembro de 2009

A chave.


Simples e completas. Assim mesmo é que as pessoas se tornam únicas e essenciais. É como se houvesse uma chave, que raras pessoas têm e com elas abre o coração e a vida de muitos. Você não precisa ter um bumbum avantajado nem um boletim de fazer inveja. Não precisa ter um carro do ano ou uma casa com piscina, muito menos um monte de gente ao seu redor rasgando elogios.O que faz a diferença são as conversas de finais de semana, a boa música que surpreende, está no programa chato que se torna cada vez mais agradável por culpa da boa companhia. O que faz toda a diferença é a saudade dos banhos de chuva, as gargalhadas, as brincadeiras intermináveis e as ironias que exigem muito da nossa inteligência.
Não está só no discurso, está no cheiro inesquecível, no abraço caloroso, no carinho desmedido e no consolo quando necessário.
Tudo parece que vem na hora certa.Por mais que a vida complete seus ciclos e as amizades e relacionamentos amorosos acabem, quem tem a chave da autenticidade nunca abandona ninguém.
Pois as lembranças não ficam para trás, no passado... As lembranças latejam no presente querendo mais uma vez o coração aberto para o futuro.

12 comentários:

Priscila Rôde disse...

"quem tem a chave da autenticidade nunca abandona ninguém. "

Disse tudo Clara!

Dil Santos disse...

Oi Clara, tudo bem com vc?
Eu tenho q concordar com Pri,"quem tem a chave da autenticidade nunca abandona ninguém. " Essa é a mais pura verdade, que infelizmente algumas pessoas ñ a possuem.
Que bom que gostou do poema, fico feliz, rs.

Bjo
:)

Caroline Farias disse...

Disse tudo em poucas palavras escritas!
Lindo!

bj ;*

Laís de Ponte disse...

Curti seu texto!!! =)

Anna Larissa. disse...

É, as vezes os donos das nossas chaves nos compreendem até mesmo quando não dizemos nada. É muito bom ter alguém ali, pra você.

"quem tem a chave da autenticidade nunca abandona ninguém. "
São poucos, aliás, pouquíssimos!

Texto delicioso!
beijo, princesa.

Lucas Lima disse...

realmente tem pessoas, que por vezes parecem feitas pra nos fazer valer a vida, rs
bons dias

Maria disse...

Ah sim...as lembranças formam o aroma de cada um. São indissociáveis do presente...são o caminho para o futuro. Um futuro bonito te espera.

Meu beijo

Maria disse...

Ah! Que bom vc lá no meu espaço... pertinho. É uma honra. Obrigada, sim?

Outro beijo

Fran disse...

E tem dias que essas lembranças são o nosso motivo de sorrir :)

Beeijos!

Thiago L. disse...

Você certamente tem essa chave. O texto está a coisa mais linda do mundo!!!

Hneto disse...

Um coração vivo está sempre aberto, para os acasos, para as possibilidades. Chaves são adornos e desejos de quem se mantem do lado de fora, que teme bater à porta.

Tais Luso de Carvalho disse...

Clarinha, enfim, você quis dizer que a chave mestra são os sentimentos puros, rodeada de amigos fiéis e gente que a gente ama. Isso é vida equilibrada e saudável, linda. Beleza de texto.

meu carinho
tais luso