segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A conta da saudade, quem é que paga?


'O nosso som pausou.
E por tanta exposição, a disposição cansou.
Secou da fonte da paciência, e nossa excelência ficou lá fora.
Solução é a solidão de nós.
Deixe eu me livrar das minhas marcas;
Deixe eu me lembrar de criar asas.
Deixa que esse verão eu faço só... Deixa que nesse verão eu faço sol.
Só me resta agora acreditar que esse encontro que se deu.. Não nos traduziu melhor.
A conta da saudade, quem é que paga?
Lembra o que valeu a pena, foi nossa cena não ter pressa pra passar.'
TM

3 comentários:

Eu, Thiago Assis disse...

fazer verão sozinha é um desafio e tanto.. boa sorte com isso

:)

Márcia Carolina disse...

Sozinha não!!! É só me ligar que eu também tou morrendo de saudades de vc... Ai a gente junta as nossas saudades!

Precisamos conversar... mas a oi não deixa né...

Bjus, amo vc

Gi Mello disse...

oie, tudo joia?!
vim avisar sobre o sorteio que terá no blog!
participe!
bjão:*
http://fearlessteens.blogspot.com/
(adorei o blog, tó seguindo :*)